Adaptação ao frio no Canadá

A visão do mundo através dos olhos de um casal que busca seus sonhos em harmonia com a natureza, os animais e as pessoas

Adaptação ao frio no Canadá

Nós viemos do Sul do Brasil, nascemos no Rio Grande do Sul e ficamos por lá até 2019 quando imigramos para o Canadá. Para quem não sabe faz muito mas muito frio por lá, inclusive em algumas cidades na serra gaúcha cai neve, coisa rara mas acontece.

Sinto mais frio em Toronto ou no Sul do Brasil? Essa é uma questão bem comentada quando estamos conversando com gaúchos que moram aqui ou quando alguém vem visitar e se espanta do quanto os lugares são quentes e bem preparados. Bom, eu vou dar minha opinião sobre alguns pontos.

Para saber qual foi a nossa primeira impressão na viagem exploratória que fizemos ao Canadá em 2016 (no inverno) leia aqui.

Lugares com aquecimento: Existem sim inúmeros lugares, desde comércios, transporte público e as moradias que independente da condição financeira vão ter o aquecimento em todos os cômodos e torneiras com água quente. Nesses pontos eu tenho que concordar que é excelente, aqui isso é uma condição básica para sobreviver, do prédio mais barato e mantido pelo governo, até lugares mais caros.

Mais próximo de downtown podemos observar mais paradas de ônibus fechadas, porém preciso dizer que por exemplo, no primeiro bairro que eu morei algumas paradas de ônibus e street car não tinham nem teto.

Antes de vir eu achava pelo que eu ouvia falar que todas eram fechadas com vidro, super protegidas. Não é bem assim não, lógico que existem apps e outros recursos para saber em quanto tempo o ônibus está vindo, porém já aconteceu conosco do bus atrasar, a gente não aguentar mais de frio e ter que pegar um Uber para conseguir voltar pra casa.

Frio dentro de casa: Deixa eu te contar alguns truques utilizados no sul do Brasil que nossos pais usavam conosco quando éramos crianças, e alguns levamos pra vida. Dormir com o uniforme (ou com a roupa que vai pra escola) isso mesmo, é tão frio pra trocar de roupa de manhã e a roupa fica tão gelada, porque não temos aquecimento nas casas, que dormíamos de uniforme.

Passar o lençol da cama para conseguir deitar sem parecer que uma pedra de gelo. Passar a roupa antes de vestir também.

Na minha casa nunca teve água quente nas torneiras, então quando criança levávamos uma caneca de água morna pra escovar os dentes na pia. Ah, dentro de casa é comum ter fogão à lenha (água sempre quente para o mate), lareira ou salamandra, mas nem todas tem. Mesmo assim eu lembro de usar muitas roupas, inclusive touca… de tão frio.

Pensando nisso, eu prefiro mil vezes o inverno daqui, passo sim frio na rua, tem dias que é difícil respirar do vento frio. Porém em todos os lugares que devemos ficar confortáveis e não batendo queixo… temos aquecimento central sem gastar um absurdo de luz no final do mês.

Não ter carro: Morar em lugar que chega a -20 e não ter carro pode te assustar, mas por isso escolhemos todos os apartamentos que já moramos (vídeo aqui sobre nossas mudanças no Canadá) perto de uma estação de metro ou perto de um transporte que te leve até lá. Perto de mercados, farmácias, enfim melhor localizado. Sabemos que temos essa vantagem por morar em Toronto, mas indo mais para o interior, ter um carro é super necessário.

Cuidados que devemos ter: Alguns cuidados são semelhantes aos que tínhamos no Brasil, como manteiga de cacau e hidrante de mãos sempre no bolso ou mochila. Mas aqui os cuidados sãos muitos até porque o risco é maior. Sempre conferir a app de previsão do tempo, isso entra na sua rotina normalmente pois vai depender dela para saber o que vestir e calçar. Ter um casaco de “guerra”e uma bota também. Se organizar melhor durante a semana para não precisar ficar saindo toda hora na rua porque esqueceu de comprar algo, etc…

Diversão na neve: Se divertir e não ficar somente em casa aqui tem um sentindo a mais, prevenir a depressão de inverno. Por mais que seja a minha estação do ano favorita, sei que tenho que tomar todos os cuidados. Ficar uma semana com dias cinzas e sem sol mexe sim com o nosso psicológico por isso devemos manter o uso da vitamina D durante o inverno e aproveitar o frio e a neve o máximo que conseguirmos. Seja para uma caminhada, passeio no parque, esportes de neve, etc.

Por fim, eu amo neve e não me vejo mais morando em um lugar onde não tenha as quatros estações tão bem definidas. Aproveite cada momento! Para saber mais informações e dicas sobre Toronto e Canadá, nos acompanhe no nosso canal no Youtube e no nosso Instagram, estamos sempre por lá! 🙂

● INSTAGRAM: – @3.94.9.29

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.